Bêbado e sem habilitação homem bate com caminhão em poste na Capital

-

A polícia identificou como suposto Rogerio da Silva, 33 anos, o homem que na manhã deste domingo (21), dirigia um caminhão basculante furtado e na esquina da rua Bom Pastor com Avenida Eduardo Elias Zahran colidiu em um poste da rede elétrica. Bêbado, o homem tentou fugir, mas foi contido por populares até a chegada da Polícia Militar. Na delegacia ele disse integrar o PCC, revelou furtos de veículos na Capital e disse ter sofrido acidente recentemente quando levava uma caminhonete para o Paraguai, que também seria o destino do caminhão.

Quando atendiam a ocorrência policiais militares do Batalhão de Trânsito foram abordados pela proprietária de oficina localizada no Jardim Monumento, denunciando o furto do veículo propriedade de cliente, sendo que no momento do furto o portão do estabelecimento foi derrubado. Na chegada da PM ao local da colisão, Rogerio continuava reagindo e dizendo que teriam que provar que ele estivesse dirigindo o caminhão.

Já na Depac-Centro, ele teria confessado o furto afirmando integrar a facção. De acordo com a polícia, ele afirmou ainda que levaria o caminhão para o Paraguai onde venderia e reafirmando fazer parte do PCC, alegou que “o que estava fazendo é rotineiro em Mato Grosso do Sul, que na segunda-feira estará solto e voltará furtar caminhões e caminhonetes, pois isso fortalece a família PCC”.

Além do frontal do caminhão, a colisão danificou uma caixa de distribuição telefônica e o poste de iluminação. O homem foi autuado em flagrante por receptação, dirigir sem habilitação e embriagado.

Caminhão que atingiu poste na Zahran era furtado e condutor diz integrar facção.(Foto: Campo Grande News)

VEJA TAMBEM