Com mais de 2500 presos a PED pode entrar em colapso se o problema não resolvido.(Foto: Arquivo)

Foi confirmado pela Diretoria da PED (Penitenciária Estadual de Dourados) que há novos casos de covid-19 no presídio. Alguns agentes penitenciários e presos testaram positivo para o novo coronavírus, outros ainda aguardam pelo resultado do exame. Ao todo seriam 24 casos confirmados. A informação foi solicitada pela Comissão de Direitos Humanos da OAB 4ª Subseção Dourados/Itaporã, que constantemente tem feito visitas ao local para verificar as condições diante da pandemia a fim de garantir a preservação da saúde não somente dos internos, mas também dos agentes penitenciários, demais funcionários e advogados que precisam ir até o local.

Desde a semana passada que circulam rumores entre familiares de que presos estariam com os sintomas da covid-19. Tendo como base nessas denúncias, a OAB solicitou, via diretoria e Comissão de Direitos Humanos, presidida pelo Advogado Tom Baltha, informações sobre a veracidade das denúncias.

Nesta sexta-feira 21, o vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos Márcio Ricardo Benedito, juntamente com a primeira secretária Talesca campara de Souza, acompanhados do vice-presidente da Comissão dos Criminalistas José Carlos Ortega Junior e a Presidente da Comissão da Mulher, Thalita Peixoto estiveram na PED e questionaram quais providências adotadas para conter a proliferação do vírus e que medidas sanitárias estão garantindo a saúde dos presos, dos servidores e dos prestadores de serviço que transitam pela penitenciária.

De acordo com a Diretoria da PED as pessoas que testaram positivo para Covid-19 já estão em isolamento e mais medidas estão sendo adotadas para evitar a proliferação do vírus. “As comissões estão fazendo excelente trabalho. A OAB vai continuar atenta e acompanhando a situação do presídio.”, afirmou o presidente da 4ª Subseção, Alexandre Mantovani.