Encontro vai debater, dentre outros assuntos, desenvolvimento sócio-econômico (Foto Lécio Aguilera)

“Ponta Porã – Fronteira de Oportunidades” será o foco de importante encontro na noite desta sexta-feira, dia 07, a partir das 19h30, no auditório da Associação Comercial e Empresarial de Ponta Porã, quando o desenvolvimento da ´Princesinha dos Ervais´ e consequentemente de toda a região estará sendo debatido. Todos os segmentos da sociedade civil organizada estão convidados a participar deste importante evento.

O encontro é promovido pela Prefeitura de Ponta Porã, Associação Comercial e Empresarial em conjunto com a Câmara de Indústria, Comércio e Turismo de Pedro Juan Caballero, visando colocar em pauta vários aspectos do cenário sócio-econômico, preparando para o futuro. O encontro visa disponibilizar, conhecer e debater os projetos para o futuro do município com o presidente da Fiems, Sérgio Longen, secretario de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, presidente da Famasul, Maurício Saito, prefeito Hélio Peluffo e autoridades convidadas.

“Será uma oportunidade ímpar para realizarmos uma ampla avaliação sobre o presente e principalmente, o que pretendemos para o futuro da nossa cidade em termos de desenvolvimento”, afirma o prefeito de Ponta Porã, Hélio Peluffo. Para ele, Ponta Porã é uma Fronteira de Oportunidades e essa característica precisa ser fomentada e trabalhada, tanto no município como fora dele. “Precisamos fomentar a enorme diversidade econômica que temos, como no comércio, turismo e outros segmentos”, enfatiza.

Dentre os temas a serem debatidos na pauta estão o Programa Indústria sem Fronteiras, Parque Tecnológico Internacional, Incubadora Tecnológica, Qualificação de Mão de Obra e projetos da Prefeitura para Ponta Porã continuar crescendo.

Por ser uma região que contempla diferentes costumes, espaços sociais, representações e identidades culturais; uma fronteira marcada pelo maior conflito armado da História da América do Sul, uma região cultural que não possui divisas sociais, mas sim justaposição de trajetórias históricas, sociais, culturais e com autenticas características latino-americanas, a fronteira de Ponta Porã e Pedro Juan Caballero se constitui num local místico, repleto de riquezas e que instiga o imaginário dos não-fronteiriços, aqueles que a visitam.

A região de fronteira é constantemente tema de pesquisas sobre a grande diversidade econômica, cultural, social e turístico, apontando também os desafios e as potencialidades que podem ser exploradas nesses mais diferentes segmentos.