Olá, hoje pensei neste tema que também é assunto de saúde pública e que acomete grande parte da população, que são as dores lombares, tentei ser bem breve. Me acompanhe!

A postura é composta das posições de todas as articulações do corpo em um dado momento, e o alinhamento postural estático é bem mais descrito em termos de posições das várias articulações e partes do corpo (KENDALL, 1995).

A função principal das posturas é ajudar-nos a realizar as nossas atividades de vida diária, ou até mesmo físicas, com o menor gasto energético possível. Dessa forma, temos que a postura e o movimento estão intimamente relacionados, pois o movimento começa em uma postura e pode terminar em outra; exemplo disto é quando uma pessoa começa o movimento sentada e termina em pé.

A Boa Postura

A boa postura ou postura padrão serve para padronizar o alinhamento postural durante a avaliação. O alinhamento padrão ideal é baseado em princípios científicos válidos e fundamentados, envolvendo uma quantia mínima de esforço e sobrecarga, e conduz à eficiência máxima do corpo.

Na postura padrão, a coluna encontra-se com as curvaturas normais e os ossos dos membros inferiores em alinhamento ideal para sustentação de peso. A pelve neutra conduz ao bom alinhamento do abdômen e do tronco. O tórax e a coluna superior devem estar em uma posição que favoreça o funcionamento ideal para os órgãos respiratórios. A cabeça fica ereta em uma posição bem equilibrada, que minimiza a sobrecarga sobre a musculatura cervical.

As dores na coluna ocorrem normalmente em consequência de má postura, sedentarismo, atividades físicas realizadas de maneira incorreta, pequenos traumas, rotina estafante, falta de alongamento e obesidade. Todas essas causas poderiam ser evitadas por meio de hábitos de vida saudáveis.

Que tipo de lesões a má postura pode causar?

Muitas pessoas que trabalham em escritórios ou que desenvolvem movimentos específicos com as mãos ou com o corpo podem desenvolver lesões posturais. Um bom exemplo disso é quem passa muitas horas à frente do computador e executa movimentos repetitivos com as mãos e punhos, além de permanecer horas sentado. Algumas lesões posturais são bastante comuns, como:

Lesões por esforços repetitivos (LER) – são distúrbios ou doenças do sistema musculoesquelético que atingem principalmente os membros superiores. São causados, na maioria dos casos, pela repetição de movimentos. Alguns de seus sintomas são dor, formigamento, sensação de peso e fadiga principalmente nos ombros.

Lombalgia – caracterizada por dor na região lombar. Nos casos agudos, é normalmente confundida com um “mau jeito” nas costas. Quando a lombalgia é crônica, o incômodo é menos intenso, mas quase permanente.

Síndrome do impacto do ombro – trata-se da compressão do tendão do músculo do ombro. Causa bastante dor ao levantar ou abaixar o braço.

A SAÚDE DA SUA COLUNA COMEÇA COM A POSTURA CORRETA

Para evitar as dores relacionadas à má postura, ou até mesmo complicações na lombar, trouxe dez dicas importantes para proteger a sua coluna.

1- Ao se deitar de lado, coloque um travesseiro entre a cabeça e o ombro e outro entre as pernas;

2- Ao deitar de barriga para cima, coloque um travesseiro embaixo dos joelhos e outro embaixo da cabeça;

3- Evite dormir de bruços, pois além de forçar a coluna, dificulta a respiração;

4- Flexione as pernas para elevar um objeto pesado do chão;

5- Use um colchão ortopédico ou semi-ortopédico, de acordo com o seu peso e altura;

6- O travesseiro não deve ser muito fino nem muito macio, para não alterar a curvatura da coluna; o ideal é que seja da altura entre a cabeça e o ombro;

7- Ao ficar de pé, contraia os músculos da barriga e das nádegas periodicamente; utilize esta técnica de relaxamento quando quiser aliviar dores;

8- Ao trabalhar em frente a uma mesa, ou digitando no computador, mantenha as costas retas, apoiadas no encosto da cadeira; manter as pernas debaixo da mesa, evitando cruzá-las.

9- Não carregue mochilas ou sacolas, com o peso de um só lado. A mochila deverá ser apoiada nos dois ombros e as sacolas, divididas nas duas mãos;

10- Evite trabalhar com o tronco totalmente inclinado durante as atividades domésticas.

Na maioria dos casos, a dor na coluna está relacionada à má postura e a contraturas musculares de rápida resolução. As dores persistentes, relacionadas a doenças mais sérias, são bem menos frequentes na população. Uma boa conversa e exames físicos e de imagem são necessários em alguns casos para confirmar o diagnóstico e determinar tratamentos, em caso de dúvidas procure ajuda especializada.

A prevenção é a melhor forma de evitar sofrimento com dores na coluna ou desenvolver problemas ainda mais sérios.

Por: Daniel Oliveira, Fisioterapeuta 13/288772-F, com formação em Quiropraxia clínica, Pós grad. Traumatologia, Ortopedia e Reabilitação Esportiva, especializando em Geriatria e Gerontologia, em Gestão em Serviços de Saúde, MBA em Empreendedorismo, Marketing e Finanças e semanalmente estaremos aqui para abordar assuntos pertinentes ao corpo, saúde e bem estar em geral. Siga @danieloliveir6