Corpo de Bombeiros de MS atua desde ontem com Unidade de Resgate e Suporte Avançado

-

O Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul ativou na tarde desta terça-feira (6) em Campo Grande, sua primeira viatura ambulância de Unidade de Resgate e Suporte Avançado (URSA). O governo do Estado investiu R$ 867 mil, que somam veículo e a aparelhagem médica disponível.

A solenidade foi realizada na Governadoria com a presença de secretários entre os quais Geraldo Resende, da Saúde. “Mais uma estrutura do Corpo de Bombeiros para um suporte de emergência, com profissionais médicos e enfermeiros, que vai funcionar como um hospital de apoio móvel para salvar vidas em acidentes e incêndios”, afirmou o governador Reinaldo Azambuja.

O governador disse ainda que o sistema conta com 12 médicos e equipe completa. “Esta é a primeira unidade deste modelo entregue, de outras que virão para compor esta estrutura de suporte avançado. Mais um apoio para área de resgate e saúde pública de Mato Grosso do Sul”.

O secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, também elogiou a nova unidade, que irá ajudar a saúde pública do Estado. “Ela vai dispor de todos os equipamentos para atendimento a qualquer acidente com vítimas graves. Acredito que para o futuro teremos uma das melhores estruturas do País no Corpo de Bombeiros, até com possíveis aeronaves para atender no Pantanal, nos nossos rios e atrativos turísticos”.

Atendimento

O serviço conta com 12 oficiais médicos, 6 bombeiros enfermeiros e 4 bombeiros condutores para atuar na nova viatura, que será um reforço para os serviços de salvamento e resgate, e assim atender nos primeiros socorros de vítimas de traumas.

Com equipamentos hospitalares e medicamentos, a unidade terá uma equipe especial preparada para atender qualquer ocorrência, com a possibilidade de iniciar o tratamento das lesões já no local do acidente, até levar a vítima para unidade de saúde.

“Essa conquista se deve ao trabalho árduo dos bombeiros militares precursores que sonharam com esse serviço no passado e lutaram para isso, além de todo investimento de viaturas, tecnologia e pessoal”, destacou o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Hugo Djan Leite.
A viatura é baseada no Quartel Central do Corpo de Bombeiros, na Rua 14 de Julho, em Campo Grande. Um dos objetivos é ajudar a saúde pública local e assim desafogar o sistema de resgate municipal, com estrutura eficiente e moderna para atender nos momentos críticos.

Com a implantação do sistema, Mato Grosso do Sul entra no seleto grupo de estados, junto com Distrito Federal, Rio de Janeiro e Alagoas, que possuem a estrutura de resgate avançado dentro do Corpo de Bombeiros Militares.

VEJA TAMBEM