A aeronave ficou completamente destruída.(Foto : Divulgação)

O piloto de um helicóptero de pequeno porte que caiu na manhã deste domingo (11) no Assentamento Nova Pontal, em Rosana (SP) na divisa com o Mato Grosso do Sul, foi detido nas proximidades do Terminal Rodoviário Renato Lemes Soares em Dourados. Depois da queda o helicóptero foi completamente destruído pelas chamas, mas ele não ficou ferido.

Avisados pela Polícia Militar de São Paulo de que o piloto tinha pego um táxi e seguia para a região de fronteira, policiais militares de Dourados fizeram barreiras e conseguiram prender o homem que não teve o nome revelado.

Levado para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário de Dourados, ele foi ouvido e liberado. O advogado dele disse que ele é piloto e mecânico e que foi contratado para levar a aeronave até Campo Grande, mas que houve uma pene seca que ocasionou a queda. Ele negou que estivesse a serviço do tráfico.

De acordo com o delegado da Polícia Civil de Rosana, Edmar Dias Caparroz, ao G1 de Presidente Prudente, uma perícia da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) foi acionada e deverá investigar o caso. Um procedimento foi aberto pelo delegado e o advogado do piloto ficou de apresenta-lo na próxima semana para as autoridades policiais.

O piloto seguiu em um táxi para a região de fronteira, apesar de dizer que estaria indo para Terra Roxa no interior do Paraná onde reside a esposa dele.