Ceim Paulo Gabiatti em Dourados, atingido pela tempestade. Foto: (Divulgação)

Cerca de 40 homens  do Corpo de Bombeiros, Exército e Defesa Civil, estão nas ruas de Dourados para atender as chamadas e auxiliar na limpeza depois da forte tempestade na manhã de hoje na região. Segundo o secretario de serviços urbanos, Fabiano Costa, a Agesul se colocou a disposição para auxiliar na força tarefa que deve se estender até amanhã.

A força tarefa vai desde o atendimento de moradores que tiveram suas casas atingidas pela tempestade, até a retirada de arvores que caíram nas vias publicas da cidade. Além disso, semáforos e serviços essenciais foram interrompidos devido a falta de energia, como informou o diretor de trânsito do Detran, Aparecido Dias Duarte que os serviços da agencia localizada na Coronel Ponciano foi interrompido devido à falta de energia.

A chuva durou pouco mais de 30 minutos, deixou um rastro de arvores caídas e muito caos no município. A cidade está na faixa de alerta laranja de tempestade emitido pelo Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia). De acordo com o Guia Clima da Embrapa Agropecuária do Oeste, os ventos atingiram 46km/h, às 7h25 da manhã de hoje em Dourados e a chuva registrada acumulou mais de 18 milímetros. Uma árvore caiu sobre um carro na Avenida Weimar Gonçalves Torres, uma das principais da cidade. Apesar do susto, o condutor que seguia em direção ao Centro não sofreu ferimentos.

Vários pontos da cidade ficaram e ainda estão sem energia também ficou no escuro Douradina, Laguna Caarapã, Amambai, Aral Moreira, Sete Quedas, Paranhos, Tacuru e Coronel Sapucaia.

O Inmet recomenda que não se abrigue debaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Se possível, desligue aparelhos elétricos e quadro geral de energia. Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Veja mais fotos:

Torre da Rádio Harmonia FM em Rio Brilhante , caiu a torre hoje durante o temporal.