Egressas de Nutrição da UNIGRAN lideram aprovação em programa de residência

-

Devido à crescente demanda, os nutricionistas estão se especializando em áreas cada vez mais direcionadas. A residência, uma das vertentes mais procuradas, é um treinamento em serviço e que possibilita o aprendizado profissional na vivência prática, associada a atividades teóricas e teórico-práticas. Em 2021, o curso de Nutrição da UNIGRAN comemora a aprovação de três egressas nos programas de residência do Hospital Universitário/UFGD.

As recém-formadas Gabriela Paludo Bottan e Dayane Ribeiro dos Santos foram aprovadas em ‘Nutrição – Materno-Infantil’, já Doracy Lovasz Dantas em ‘Nutrição – Atenção Cardiovascular’. As três foram as primeiras colocadas nas provas dos programas.

Dayane concluiu a graduação em 2018, no ano de 2019 iniciou a Residência Multiprofissional em Atenção à Saúde Indígena e agora vai começar a segunda residência. “Decidi fazer mais uma residência devido a experiência que obtive nesta que estou finalizando, além do crescimento profissional e pessoal, é uma realidade diferente do que aprendemos na faculdade. A área que escolhi agora cresceu e vem crescendo no mercado de trabalho”, disse.

Conforme a residente, a UNIGRAN contribuiu desde o início de sua formação. “Tanto com o corpo docente como a faculdade em si, desde as salas de aula até os campos de estágios. E, quando foi apresentado pelos professores do curso a residência como um espaço de aprendizagem, experiência e atuação do nutricionista, obtive o interesse de fazer”, conta Dayane Ribeiro dos Santos.

Formada na turma de 2020, Gabriela Bottan menciona que escolheu a área de Materno-Infantil porque se apaixonou durante a graduação, então decidiu buscar mais conhecimento e experiência. “A residência permite ao nutricionista lidar com novos desafios e dificuldades e ter contato direto com outros profissionais da saúde.  Além disso, é um grande passo na jornada profissional, pois, ao finalizá-la, recebe-se uma titulação em seu currículo, um enorme diferencial na sua carreira se tornando especialista na área”, afirma.

À sua aprovação, a nutricionista ressalta que a formação acadêmica na UNIGRAN foi essencial. “A UNIGRAN tem ótima estrutura física e intelectual, o que permite que os alunos tenham aulas teóricas e práticas de excelente qualidade. Possui professores qualificados e bem preparados, os quais estão totalmente dispostos a tirar as dúvidas e incentivar o crescimento profissional de seus alunos, por meio de projetos de extensão, ações sociais e jornadas acadêmicas”, enfatiza.

A egressa cita que conheceu a Residência Multiprofissional em Nutrição por meio de uma Jornada Acadêmica no 1º ano da graduação e logo teve interesse. Gabriela Bottan garante que, ao finalizar a residência, pretende continuar se atualizando na área, abrir o seu próprio consultório ou ainda, trabalhar em hospitais.

Com grande interessa pela área clínica, Doracy Lovasz Dantas também se formou em 2020. “Eu me dediquei muito ao longo da graduação e, para a prova classificatória usei apenas as anotações, apostilas, slides das aulas. Foi o suficiente para garantir a segunda colocação em Cardiovascular e a terceira maior nota entre os graduados em Nutrição”, comemora a nutricionista.

Para a coordenadora de Nutrição da UNIGRAN, Aline Victório Faustino Onishi, é uma satisfação ver os egressos atingindo objetivos. “Perceber que eles saíram daqui preparados para passar em uma prova tão importante como esta da residência, nos dá a sensação de missão cumprida. Conseguimos isso por meio de um intenso e sério trabalho feito pelos professores em sala de aula e pelos supervisores de estágio no último ano”, enfatiza.

De acordo com Aline Onishi, o estágio é um dos momentos importantes na escolha da área a seguir. Neste sentido, a coordenadora de estágio do curso, Thalyta Muniz Lemes, destaca que “a realização do estágio supervisionado é de extrema importância para o processo de desenvolvimento, aprendizagem e formação do aluno, porque permite vivenciar na prática os conteúdos acadêmicos, troca de experiências, resolução de problemas e ampliação do universo cultural dos futuros profissionais”.

Coordenadora do curso de Nutrição da UNIGRAN, Aline Onishi, acompanhada das egressas ingressantes na residência.(Foto: Divulgação)

VEJA TAMBEM