(Foto: Alexandre Oliveira/ IFMS)

O IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) abriu no dia 13 de janeiro, o prazo de inscrições no processo seletivo simplificado para contratação de dois professores substitutos que irão atuar na área de educação especial nos campi Dourados e Jardim. Professores contratados terão carga horária de 40 horas semanais. A remuneração varia de R$ 3.588,85 (graduação) a R$ 6.289,21 (doutorado).

O interessado não pode ser docente vinculado à Lei nº 7.596/87 nem ser ocupante de cargo, emprego ou função em regime de dedicação exclusiva. Além disso, não pode ter sido contratado como professor substituto nos últimos 24 meses nem participar de sociedade privada como administrador ou sócio-gerente.

Os demais requisitos constam no edital de abertura do processo seletivo, publicado na Central de Seleção do IFMS.

As inscrições devem ser feitas até este domingo, dia 19 de janeiro, na Página do Candidato da Central de Seleção. A taxa de inscrição é de R$ 50,00 e deverá ser paga em qualquer agência do Banco do Brasil até o dia 20.

Os candidatos serão selecionados no dia 25 de janeiro, por meio de provas escrita e de títulos, nos campi onde as vagas são ofertadas.

Com 20 questões objetivas, a prova escrita será de conhecimento específico da área e terá caráter eliminatório e classificatório.

A prova de títulos será classificatória. Ao se apresentar para a prova, o candidato deverá entregar ao representante da banca examinadora uma via do Currículo Lattes documentado, em envelope fechado, com a identificação do candidato, área do concurso e a campus onde concorre à vaga.

O resultado preliminar será divulgado no dia 27 de janeiro, e o final no dia 3 de fevereiro.

A partir da publicação do extrato no Diário Oficial da União (DOU), o contrato poderá ser prorrogado por até dois anos, de acordo com a necessidade do IFMS.

Para Dourados, há uma vaga para área de educação especial com carga horária de 40 horas semanais. A habilitação exigida é pedagogia com especialização em Psicopedagogia; ou Licenciatura em Educação Especial; ou Licenciatura Plena em qualquer graduação com Pós-Graduação em Atendimento Educacional Especializado ou Educação Inclusiva ou Educação Especial; ou Pedagogia com Pós-Graduação em Atendimento Educacional Especializado ou Educação Inclusiva ou Educação Especial.

Na mesma área e por igual carga horária, também consta uma vaga em Jardim, com exigência de habilitação em pedagogia com especialização em Psicopedagogia; ou Licenciatura em Educação Especial; ou Licenciatura Plena em qualquer graduação com Pós-Graduação em Atendimento Educacional Especializado ou Educação Inclusiva ou Educação Especial; ou Pedagogia com Pós-Graduação em Atendimento Educacional Especializado ou Educação Inclusiva ou Educação Especial.