Vereador Fabio Luiz visita o Douradão e pede atenção especial a esporte em Dourados

-

O vereador Fabio Luis (Republicanos) esteve nesta terça-feira (5) no estádio Fred Saldivar, o ‘Douradão’, na companhia do prefeito Alan Guedes (Progressistas) e do vereador Jânio Miguel (PTB). Na oportunidade, servidores da Funed (Fundação do Esporte de Dourados) apresentaram a situação crítica da praça esportiva ao novo chefe do executivo e aos parlamentares.

No encontro foram apontadas as prioridades para que o estádio volte a funcionar. Fechado desde 2019, o ‘Douradão’ tem como maior gargalo a estrutura elétrica. Construído na década de 80, o espaço comporta cerca de 30 mil torcedores, porém há anos deixou de receber o público com ‘casa cheia’ devido a ausência de segurança.

Para o vereador Fabio Luis, investir na recuperação do ‘Douradão’ será o marco para retomar o prestígio do esporte na maior cidade do interior do Estado.

“A reforma do ‘Douradão’ é importante não só para o futebol, mas para a classe esportiva de forma geral. Dourados hoje precisa de uma política esportiva voltada para os demais usos do espaço, a exemplo da pista de atletismo que também precisa ser recuperada. O entorno do estádio também é usado por um grande número de pessoas diariamente para caminhada. Precisamos tirar a ociosidade do ‘Douradão’, transformando-o numa praça de grandes espetáculos do esporte regional. Como amante do esporte, apoiarei o Executivo nas medidas necessárias para a revitalização do nosso estádio, o maior do interior”, ressaltou.

No Campeonato Estadual de 2019, o uso do ‘Douradão’ para a agenda esportiva foi suspenso e partidas, que inclusive contavam com escalação dos times da ‘casa’, foram transferidas para o Estádio Chavinha, em Itaporã.

“O esporte não se rende diante a ineficiência do poder público, mas a cidade perdeu o prestígio. Dourados é um celeiro de atletas, em diversas modalidades, e precisa recuperar esse posto. Quero ver nossas crianças, adolescentes, jovens, todos levando o nome de Dourados para os quatro cantos do País. Isso se faz com vontade, disposição para fazer o certo. O esporte é bem mais que a prática esportiva em si, é um caminho de cidadania e hombridade, e eu me comprometo com essa causa dentro do âmbito legislativo”, finalizou.

VEJA TAMBEM