Eurico Rodrigues, 41, foi identificado como o assassino de Cleide Irala, 39, na região de Capão Seco, próximo a Laguna Carapã, na Fazenda Santa Fé. Em um primeiro momento a informação que o assassinado havia passado aos policiais é que ele sentiu falta da mulher e ao procura-la encontrou morta dentro de um poço na propriedade.

Depois de uma investigação mais detalhada pelo delegado da policia civil Anézio Rosa de Andrade, foi constatado que na verdade Eurico havia matado a esposa. À policia, Eurico disse que no sábado os dois tiveram uma discussão depois de beberem juntos, o homem disse ter dado um soco no rosto de Cleide que a fez cair no poço. Por estar com raiva, ele disse que saiu do local e a deixou lá.

Eurico foi levado para delegacia de polícia civil de Laguna Carapã e autuado em flagrante por feminicídio.