Motorista se entregou na manhã de hoje em Dourados. Foto: (Adilson Domingos)

O motorista que atropelou o moto entregador na madrugada deste domingo (12), se apresentou no 1° Distrito Policial em Dourados, Alex Issau Suzuki, 30 anos, acompanhado dos advogados.

Segunda advogada do motorista da camionete ele não estava embriagado e que não furou o sinal conforme registrado em primeiro momento. A advogada relatou que segundo o condutor da camionete, quem avançou o sinal teria sid

o o moto entregador e que ele teria fugido do local por temer a sua segurança, por isso deixou a camionete no local. A advogada ainda alega que as bebidas encontradas no carro seria do dia anterior e não ingeriu as bebidas no dia do acidente.

O acidente matou o entregador Anderson Maia de Oliveira, 27, morador no condomínio Moradas Dourados. Conforme a polícia, o motociclista seguia em uma YBR-125, cor prata, placas de Dourados, na rua Balbino de Matos, quando no cruzamento com a rua Ponta Porã, o condutor da camionete furou o sinal e bateu no motociclista.

A violência da colisão foi tamanha, que a moto conduzida por Anderson pegou fogo. O motociclista morreu na hora.

O motorista da camionete pode responder por homicídio doloso, quando há intenção de matar.