PMA solicita e veterinários do CRAS buscam filhote de anta ferido por grade de trator

-

A Polícia Militar Ambiental de Batayporã solicitou aos médicos veterinários do Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS) de Campo Grande, que fossem buscar o filhote de animal silvestre da espécie anta (Tapirus terrestres) entregue no dia (7) por um agricultor, que durante seu trabalho com trator gradeando a terra teria o atingido em uma fazenda no município de Batayporã, a cerca de 30 km da cidade.

No dia, os Policiais Militares Ambientais levaram o bicho em estado grave para uma clínica veterinária na cidade de Nova Andradina, onde ele foi entregue aos cuidados dos médicos veterinários Dr. Evandro A. Trachta e Silva e Dr. Eduardo A. Reis Alda, que voluntariamente medicaram e realizaram duas cirurgias na anta.

Os veterinários da clínica deram alta ao filhote hoje, mas sugeriram que, mesmo o animal estando bem de saúde, o ideal para viajar à Capital, seria com acompanhamento médico veterinário. A PMA solicitou, então, aos veterinários do CRAS, os quais prontamente foram hoje (12) à cidade de Nova Andradina e estão trazendo a anta para Campo Grande. Ela ficara no Centro de Reabilitação de Animais Silvestres da Capital (CRAS), até sua possível reintrodução na natureza.

VEJA TAMBEM