A caminhonete que atropelou Anderson foi encontrada nas proximidades do local onde ocorreu o acidente.(Foto: Sidnei Bronka)

A Policia Civil identificou o motorista condutor da camionete modelo S10, que atropelou e matou o entregador Anderson Maia de Oliveira, 27, morador no condomínio Moradas Dourados, na madrugada deste domingo (13).

Segundo informações, o homem de 30 anos, que não teve o seu nome divulgado, seria morador no Jardim Maracanã. A camionete que ele conduzia, era um veículo para vendas, de uma empresa de vendas de veículos de Dourados.

Perícia encontrou dentro da caminhonete uma garrafa de cerveja e uma garrafa de energético.

Conforme a polícia, o motociclista seguia em uma YBR-125, cor prata, placas de Dourados, na rua Balbino de Matos, quando no cruzamento com a rua Ponta Porã, foi colhido por uma caminhonete modelo S10, cor branca, placas de Naviraí.

Levantamentos da polícia civil apontam que o motorista da caminhonete “furou” o semáforo da Rua Ponta Porã e ocasionou o acidente.

Com a colisão, o motociclista foi arremessado sobre um carro modelo Ônix, cor branca, placas de Caarapó que estava estacionado na rua Ponta Porã. A violência da colisão foi tamanha, que a moto conduzida por Anderson pegou fogo. O motociclista morreu na hora.