Prefeita da fronteira com o Mato Grosso do Sul sofre atentado

-

Dois homens que estavam em uma moto tentaram matar na noite deste sábado (27) a prefeita de Bella Vista Norte, cidade paraguaia que faz fronteira com Bela Vista no Mato Grosso do Sul. Ela estava na companhia de outras pessoas quando os assassinos chegaram e fizeram os disparos.

Mirkha Angélica Arguello de 54 anos, foi socorrida e levada para o Hospital São Vicente de Paulo em Bela Vista, onde foi atendida pelo médico Sebastião Geraldo que informou ao Ponta Porã News que o estado de saúde da política era hemodinamicamente estável e que ela apresentava ferimentos a bala nas nádegas e também na cintura e que estava consciente e alerta. Segundo o médico, como seria necessária uma intervenção cirúrgica, a família da prefeita decidiu transferi-la para o Hospital Regional de Pedro Juan Caballero.

Homens da Polícia Nacional estão acompanhando a ambulância que transporta a paciente e ainda não há previsão para a chegada dela em Pedro Juan Caballero.

VEJA TAMBEM