Alan Guedes e Idenor Machado após promulgação da Lei.(Foto: Assessoria)

Durante sessão ordinária, a Câmara de Dourados realizou a promulgação da Lei, proposta pelo vereador Idenor Machado (PSDB), que dispõe sobre a colocação de faixas elevadas em frente a todas instituições de ensino, públicas e privadas, do município.

“Já temos em frente as escolas sinalização tanto vertical quanto horizontal orientando os motoristas, no entanto a faixa de pedestre pintada no asfalto não obriga que este reduza a velocidade e assim acabam não respeitando a preferência de passagem, a faixa elevada garante que isso ocorra”, relata o vereador.

A Resolução nº 738/2018, publicada em 10 de setembro de 2018 pelo Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN), revogou a Resolução n. 495/2014 e estabeleceu os novos padrões e critérios para a instalação da faixa elevada para pedestres em vias públicas e que devem ser respeitadas como o projeto de Lei prevê em seu artigo 2º, a resolução citada define, inclusive, os locais que não devem ser instaladas essa medida de trânsito.

Idenor afirma que muitas cidades brasileiras já adotaram as faixas elevadas como item de segurança no trânsito, inclusive no Mato Grosso do Sul alguns municípios se adequaram a essa medida de segurança há alguns anos. Essa ideia já é utilizada em países como Inglaterra e Alemanha, sendo que o objetivo deste equipamento, que nada mais é do que uma faixa de pedestres acima do nível da rua, é fazer com que os motoristas deem prioridade aos pedestres os forçando a reduzir a velocidade, sendo assim, é muito comum que elas sejam instaladas na frente de escolas e outros locais onde haja fluxo de entrada e saída de pessoas como igrejas e hospitais.

“É uma Lei que acredito será de um avanço no que diz respeito a segurança de toda comunidade douradense e trará modernidade para nossa cidade. Espero que o Poder Executivo coloque em prática o mais rápido possível e que no ano de 2021 possamos ver esta Lei efetivada”, complementou Idenor Machado.