Lia Nogueira denuncia falha em escala de plantão na UPA e caso vai parar na polícia

-

A vereadora Lia Nogueira(PP), por meio de requerimento enviado à direção da Funsaud(Fundação de Saúde de Dourados) e à Secretaria Municipal de Saúde, denunciou falha na elaboração da escala de plantonista da UPA. De acordo com relato da vereadora, a escala que normalmente é feita com ao menos um mês de antecedência, não previa médico plantonista para atender aos pacientes da unidade no último domingo, dia 04 de abril.

Logo após feriado e num plantão de domingo normalmente movimentado, não havia um médico sequer no plantão. Coube ao médico e vereador, Diogo Castilho(DEM), em vistoria in loco à UPA, assumir de forma voluntária e sem ser de sua competência assumir o atendimento. “A atitude do nobre colega foi louvável e de compromisso com a população, mas não se pode admitir uma falha, ou quem sabe até uma negligência como esta na UPA. A unidade de portas abertas é uma das principais referências no atendimento aos pacientes do SUS(Sistema Único de Saúde) no município”, alertou Lia.

Com a denúncia da vereadora apresentada na sessão desta segunda-feira(05), o caso da falta de escala de plantonista na UPA no domingo, acabou por virar caso de polícia. Representante da direção da unidade de saúde gerenciada pela Funsaud, registrou boletim de ocorrência na Polícia Civil cobrando explicações do médico encarregado de elaborar a escala. O profissional de saúde denunciado pela direção da UPA, alegou ter pedido exoneração do cargo no dia 22 de março, o que conforme a direção da UPA, não justifica a falha, ou omissão.

Conforme apurado pela vereadora responsável em trazer o problema à tona, as “brechas” nas escalas de plantonistas da UPA ocorrem com frequência, mas a partir de agora, medidas de fato serão tomadas. ” Se houve ou não negligência do médico responsável pela escala, não sou eu quem tenho de responder, mas sim a direção da UPA e a própria administração municipal. Cumpri com a minha missão de fiscalizar o atendimento prestado aos que dependem do SUS em Dourados”, pontuou a parlamentar.

Lia Nogueira esclareceu também que agora há um processo investigativo em andamento. “Provocamos os responsáveis pelas falhas na falta de plantonistas na UPA, o que é inconcebível. O usuário do SUS não deve ser penalizado por erros, falhas, omissão ou mesmo negligência. O que se espera agora é que haja solução para o problema das escalas de plantonistas na UPA e se houve culpa de quem quer que seja, que este seja responda no rigor da lei”, ressaltou a vereadora.

A vereadora douradense denunciou mais uma vez problemas na saúde pública.(Foto: Arquivo)

VEJA TAMBEM