Entre um dia e outro o número de casos confirmados subiu 1,8%, com 982 exames novos. Foto: (Edemir Rodrigues )

Mato Grosso do Sul bateu a marca dos mil óbitos por coronavírus nesta quarta-feira (09.09), revelando o avanço expressivo da doença. Com 20 vítimas fatais da doença registradas em apenas 24 horas, o Estado passa a ter 1.007 mortes por covid-19, é o que mostra o boletim epidemiológico divulgado nas redes sociais do Governo do Estado.

Entre um dia e outro o número de casos confirmados subiu 1,8%, com 982 exames novos, com 55.345 casos confirmados da doença. Até o momento, 479 pessoas estão internadas, sendo 248 em leitos clínicos e 238 em leitos de UTI. Além disso, são mais de 8 mil pessoas em isolamento domiciliar.

No ranking estadual, Campo Grande continua na primeira posição, com 23.837 casos confirmados, em segundo lugar está Dourados, com 6.157 casos e, em terceiro, Corumbá, com 3.052 pessoas infectadas.

“A partir da semana que vem teremos autossuficiência de testes em Mato Grosso do Sul”, afirmou o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, referindo-se à chegada de máquinas do Ministério da Saúde e a outra com recursos do Governo do Estado.

Isolamento Social

Mato Grosso do Sul registrou ontem 33,5% de isolamento social, sendo um dos piores resultados do Brasil, o 25º lugar. A Capital, do mesmo modo, não registrou um bom resultado, de 32,82%, o 26º pior patamar, ficando acima apenas de Goiânia.

Acesse os dados do isolamento social por bairros de Campo Grande; ranking estadual por cidades; ranking nacional por capitais; ranking nacional por Estados.