Dourados foi um dos 57 municípios de Mato Grosso do Sul que receberam, na segunda-feira (17.02), equipamentos para uso em unidades de saúde, tanto na área de cirurgia quanto para pronto atendimento. Os aparelhos e instrumentos cirúrgicos foram entregues em solenidade que contou com a presença do governador Reinaldo Azambuja, ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, secretário estadual de Saúde Geraldo Resende, deputados estaduais, prefeitos e secretários municipais de saúde, entre outras autoridades.

A entrega dos cardioversores e monitores multiparamétricos é uma ação da Secretaria de Estado de Saúde (SES), em parceria com o Ministério da Saúde, Universidade Estadual da Paraíba e empresa Lifemed (que desenvolve equipamentos médicos e hospitalares) por meio do Projeto para o Desenvolvimento Produtivo (PDP).

Os equipamentos totalizaram 52 monitores multiparamétricos, 28 desfibriladores/cardioversores e 108 componentes de caixas cirúrgicas. Cada monitor tem um custo unitário de R$ 24.156,42 e o desfibrilador, R$ 42.745,05. No total, o investimento é de R$ 1.196.861,40.

Além de Dourados, que recebeu dois monitores, dois cardioversores e 26 caixas cirúrgicas, foram contemplados os municípios de Amambai (um monitor e uma caixa cirúrgica) Alcinópolis (um monitor); Anaurilândia (um monitor); Antônio João (um monitor e um cardioversor); Aquidauana (um monitor e um cardioversor); Bandeirantes (um monitor); Batayporã (um monitor e 1 cardioversor); Bonito (um monitor e um cardioversor ); Campo Grande (10 monitores e 2 cardioversores); Caracol (um monitor e um cardioversor); Corguinho (um monitor e um cardioversor); Coronel Sapucaia (um monitor e um cardioversor); Corumbá (um monitor); Costa Rica (um monitor e um cardioversor); Deodápolis (um monitor); Dois Irmãos do Buriti (um monitor e um cardioversor); Douradina (um monitor); Dourados (dois monitores e dois cardioversores); Fátima do Sul (um monitor); Figueirão (um monitor); Glória de Dourados (um monitor e um cardioversor); Ivinhema (um monitor e um cardioversor); Japorã (um monitor); Jaraguari (um monitor); Jardim (um monitor e um cardioversor); Jateí (um monitor); Juti (um monitor e um cardioversor); Laguna Carapã (um monitor e um cardioversor); Novo Horizonte do Sul (um monitor); Paraíso das Águas (um monitor); Paranhos (um monitor e um cardioversor); Pedro Gomes (um monitor e um cardioversor); Porto Murtinho (um monitor e um cardioversor); Rio Negro (um monitor); Rochedo (um monitor e um cardioversor); Santa Rita do Pardo (um monitor e um cardioversor); Selvíria (um monitor e um cardioversor); Sete Quedas (um monitor e um cardioversor); Tacuru (um monitor e um cardioversor); Taquarussu (um monitor); Terenos (um monitor e um cardioversor); Vicentina (um monitor).

As caixas com equipamentos para cirurgia foram entregues, além de Dourados, para Amambai, Anastácio, Aparecida do Taboado, Aquidauana, Bataguassu, Bonito, Chapadão do Sul, Corumbá, Coxim, Dourados, Fátima do Sul, Ivinhema, Jardim, Maracaju, Miranda, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba, Porto Murtinho, Ribas do Rio Pardo, Rio Brilhante, Rio Negro, Rio Verde de Mato Grosso, Sidrolândia e Três Lagoas.